top of page
Logo Sarau Cultura Brasileira
Jacksons do Paneiro - Por Daniel Barboza-0917.jpg

PELA PRIMEIRA VEZ

NO  NORDESTE!

VENDAS EM BREVE

Uma homenagem ‘sincopada’ ao saudoso Jackson do Pandeiro (1919-1982), cantor, compositor e multi-instrumentista paraibano, que recebeu a alcunha de ‘Rei do Ritmo’ por suas mais de 400 canções recheadas de gêneros brasileiríssimos, como samba, forró, coco, baião e frevo. O musical, com a Barca dos Corações Partidos e artistas convidados, tem direção de Duda Maia, texto de Braulio Tavares e Eduardo Rios e direção musical de Alfredo Del-Penho e Beto Lemos.

O espetáculo aborda episódios e músicas de Jackson que se relacionam com a vida dos atores em cena. A distribuição das ações em brincantes que contam pedaços de suas histórias pessoais, as quais em muitos pontos coincidem com a história de Jackson. Falando de Jackson, fala-se desses nordestinos anônimos. Falando deles, fala-se do cantor e compositor que levou a vida deles para as rádios e as TVs, em forma de cocos e baiões.

Jacksons do 
Pandeiro

Com leveza e humor, o espetáculo traz a história de um negro, pobre, nordestino, analfabeto até os 35 anos, que venceu pelo talento e pela perseverança.
Neste espetáculo, a “Barca dos Corações Partidos” homenageia o cantor,  compositor e multi-instrumentista paraibano Jackson do Pandeiro, conhecido por suas mais de 400 canções repletas de ritmos brasileiros.
bottom of page